DETERMINISMO E POSSIBILISMO: uma análise epistemológica e crítica

Cristiano Nunes de Souza, Jackson Mateus da Silva, José Alexandre de Quadros, Adriana Iaroczinski

Resumo


Este artigo visa apresentar algumas das ideias norteadoras, segundo o pensamento geográfico predominante da escola geográfica determinista alemã, originada principalmente dos escritos do alemão Friedrich Ratzel e da escola geográfica possibilista francesa, esta originada principalmente dos escritos de Paul Vidal de La Blache. A partir daí, tecerá uma análise epistemológica e crítica acerca destes pensamentos e de como o pensamento geográfico majoritário os trata, mostrando as possíveis inconsistências e contradições deste pensamento comum, em que as ideias originais foram deturpadas, principalmente pela escola alemã, que foi atacada e menosprezada por grande parte da escola geográfica, enquanto a escola francesa foi defendida e enaltecida por eles. Abordará também adicotomia de como estas escolas geográficas foram tratadas nos principais documentos de educação brasileiro e paranaense, sendo o PCN e a DCE, respectivamente.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.